BMW

BMW X1 também ganha ‘tapa’

Logo depois de revelar a terceira geração de sua Série 1 (hatch compacto), a BMW resolveu mostrar novidades também em um dos caçulas de sua linha. O X1 traz um fato curioso na gama da casa alemã – apesar da numeração, está entre o X2 e o X3. E, para 2020, teve direito a uma restilização para alinhar o design com o restante da linha.

O que significa receber a agora imensa grade em forma de duplo rim, com as duas metades se interligando. O parachoque e as entradas de ar e compartimentos para as luzes de neblina foram redesenhados, assim como os farois. E o capô ganhou formas mais curvas e bombadas. Na traseira, modificações cosméticas. E uma novidade digna de filme de super-herói está no retrovisor externo do lado do motorista, que aciona um alerta luminoso com a sigla do modelo quando a porta está destrancada, de modo a evitar surpresas ao puxar a maçaneta.

As motorizações três e quatro cilindros Twin Power Turbo passam a atender as normas Euro6 de emissões de poluentes (ao menos na teoria), acopladas a uma caixa manual de seis marchas ou à automática dual clutch de sete velocidades e outro fato inédito é a presença de uma versão híbrida plug-in, a xDrive25e (a diesel), com autonomia de 50 quilômetros movida apenas pela carga das baterias. Também estará disponível uma configuração esportiva M Sport.

P90350945_highRes_the-new-bmw-x1-drivi

Maio Amarelo 2019 Horizontal black SENDINBLUE

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo