Legislação

CNH muda de novo e passará a ter chip

Se foi atualizada no começo deste ano e passou a ser emitida com um QR Code para dificultar as falsificações, além de ganhar uma versão digital, que começa a ser implantada nos estados, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passará a ter novo formato até janeiro de 2019, em sua versão física.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) apresentou o modelo da nova versão do documento, que troca o papel pelo plástico e se torna mais inteligente com a adoção de um chip, como nos cartões bancários. A justificativa da mudança, feita em conjunto com pesquisadores da Universidade de Brasília (UNB) é, além de tornar ainda mais difícil a reprodução fraudulenta, acumular informações sobre o condutor que possam ser usadas não só em fiscalizações, mas também quando a CNH for usada como documento de identificação. Outro aspecto levado em conta é a durabilidade do material, bastante superior.

No verso, a nova CNH traz, de forma clara, as categorias para as quais o condutor está habilitado (atualmente é exibida apenas a letra referente à respectiva categoria). Os Detrans terão, segundo portaria a ser publicada nos próximos dias, um ano para se adaptar ao documento e iniciar sua emissão que, como em casos anteriores, será gradual, para quem obtiver a primeira habilitação ou for renovar a existente. Os formatos anteriores seguem valendo até a data de expiração.

CNHNova CNHNovaVerso

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo