Sem categoria

Enquanto isso, na Europa… FCA terá que responder por suspeitas

Enquanto revela no Brasil as primeiras imagens oficiais do aguardado hatch compacto/médio Argo, aposta para recuperar mercado no segmento, a Fiat (ou o grupo FCA) entrou na mira das autoridades da União Europeia. O órgão notificou o governo da Itália sobre abertura de procedimento para investigar possíveis fraudes no controle de emissões de um modelo em especial: o 500X em suas motorizações diesel e determinou prazo de dois meses para o envio de documentação que comprove a regularidade dos motores. No ano passado, análises feitas na Alemanha levantaram a suspeita de problemas – antes disso a montadora de Turim havia convocado um recall para recalibrar os softwares de controle.

Antes mesmo que qualquer executivo da montadora viesse a público, o ministro dos Transportes italiano, Graziano Delrio, condenou a ação da União Europeia, que considerou desnecessária. Ele lembrou que, quando do questionamento surgido na Alemanha, a Fiat encaminhou toda a documentação referente ao controle de emissão de poluentes de seus motores. “Testamos os veículos e eles já estavam em conformidade com a lei antes mesmo do recall. Não concordamos com esta notificação, mas tudo será feito para reafirmar que não há irregularidades”, garantiu.

500X

maioamarelo4

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo