Fiat

Melou a proposta de fusão entre FCA e Renault

O que seria o maior conglomerado da história da indústria automobilística não vai sair do papel. Em comunicado à imprensa, o Grupo FCA (Fiat/Alfa Romeo/Maserati/Jeep/Dodge/Chrysler/RAM/Lancia) confirmou que as conversas para uma fusão com a Renault foram suspensas, culpando “as atuais condições políticas na França” para o fracasso das negociações – vale lembrar que a montadora do losango ainda tem forte participação pública em sua composição societária.

Não é a primeira batida na trave da FCA, que tentou acordo semelhante com a Chevrolet e chegou a ensaiar uma parceria com a Volkswagen. A ideia dos italianos é reforçar a presença em mercados e segmentos hoje menos aproveitados, além de desenvolver plataformas e projetos conjuntos que diminuam os custos de produção. A nota prossegue informando que o grupo “manterá seus compromissos dentro de sua estratégia independente”.

fcaren

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo