Curiosidades

Uma Ferrari de R$ 30 milhões. Por uma ótima causa…

Essa vai para o livro Guinness dos recordes, até que outra supermáquina seja vendida por preço ainda maior. Como parte das comemorações de seus 70 anos, a Ferrari promoveu um evento especial em Fiorano, onde está sua fábrica e, nele, incluiu, em parceria com a tradicional casa britânica Sotheby’s, um leilão de preciosidades, a grande maioria oferecida por colecionadores e arrematada por outros colecionadores, gente com muito dinheiro na conta.

Pois um lote em especial despertava curiosidade e expectativa. Um dos primeiros protótipos da versão “Aperta” (aberta, conversível) da híbrida La Ferrari seria vendida pela própria fabricante, com o valor obtido repassado integralmente para a ONG Save the Children, que apoia projetos de ajuda a crianças carentes em todo o mundo.

Lógico que os 965 cavalos – fruto do V12 6.3 de 800cv ajudado pelo sistema elétrico de recuperação de energia cinética que entrega a potência restante – já são um atrativo à parte, assim como o visual sensacional do superesportivo. Mas o preço de uma das unidades limitadas não costuma passar dos US$ 2 milhões (algo em torno dos R$ 6,5 milhões). Neste caso, no entanto, o número foi absurdamente maior. O martelo foi batido para um comprador não identificado por cerca de US$ 9,8 milhões, ou R$ 30 milhões, o que justifica a condição de mais caro veículo vendido no século 21. Melhor ainda é saber que, extravagância à parte, toda essa fortuna será usada por uma ótima causa…

lafaperta

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo