Internacional

VW lança um Up apimentado. Na Europa…

Reza a tradição que a sigla GTI é sinônimo de esportividade de verdade, não só no visual, mas com diferentes acertos de suspensão e um motor com um bocado de cavalos a mais. A Volkswagen começou a acreditar no apelo da versão em 1976, com o Golf (no Brasil houve também o Gol, primeiro modelo do país a contar com injeção eletrônica) e, mais tarde, desenvolveu também um Polo com a mesma proposta.

Pois agora a casa de Wolfsburg resolveu anabolizar seu subcompacto, o Up. Antes que você comece a se animar e fazer planos, estamos falando do mercado europeu, onde já é possível reservar a novidade, por cerca de 17 mil euros (cerca de R$ 65 mil).

O Up GTI foi desenvolvido sob a versão duas portas do modelo e, debaixo do capô, traz um velho conhecido: o tricilíndrico TSI 1.0 turbo que é oferecido por aqui (e também equipa o novo Polo), com potência elevada para 115cv. Poderiam ser mais com uma pressão extra na turbina, mas os alemães preferiram não exagerar. O subcompacto ganha ainda rodas aro 17, a tradicional grade em forma de colmeia de abelhas, um pequeno aerofólio na tampa do porta-malas e perde 15 milímetros de altura livre do solo. No interior, marcas registradas como o volante em couro, a alavanca do câmbio semelhante à dos demais GTIs e o revestimento com o padrão “Clark” dos assentos.

Considerando que a base é disponível no Brasil, nada impede que alguns exemplares sejam trazidos pela VW. O principal obstáculo, no caso, seria o preço. A exemplo do que fez a Renault com seu Sandero RS, o Up GTI seria um carro de nicho, com um valor elevado para o segmento, mas que, pelo que oferece, teria público certo.

upgti

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo