Carros-conceito

Alfa Tonale: o Stelvio vai ganhar um irmão menor

Infelizmente a Alfa Romeo deixou de fazer parte dos planos da Fiat para o Brasil há mais de duas décadas, depois que modelos como 164, 145 e 147 marcaram época e venderam razoavelmente bem (não eram propriamente baratos), virando objetos de coleção e integrando clubes de apaixonados pela casa de Arese. Pois a retomada da marca em escala global (ou ao menos em mercados como Europa e Estados Unidos) é uma das prioridades do Grupo FCA.

E depois de lançar o Stelvio, primeiro SUV de sua história (com direito a uma versão Quadrifoglio movida por um propulsor de origem Ferrari), a Alfa mostrou que em breve a gama do segmento vai ganhar nova opção. No Salão de Genebra, os italianos apresentaram o conceito Tonale – assim como o irmão maior, tem o nome de uma das principais montanhas alpinas italianas.

As linhas, embora inspiradas no Stelvio, trazem também menção a outros modelos, como o RZ, com seus farois pequenos; o SZ e o Brera. A linha de cintura sinuosa, o vinco nas laterais e o jeitão de cupê da parte superior da carroceria são outras particularidades, assim como as rodas “disco de telefone” aro 21 (essa é para os mais rodados, que ainda pegaram os aparelhos antigos).

O interior, segundo a montadora, foi pensado para quatro ocupantes, com a presença de elementos em alumínio e Alcantara. Em termos de propulsão, o Tonale marca uma ruptura para a Alfa, sendo o primeiro a prever um sistema plug-in de recarga elétrica e a ajuda híbrida para o propulsor a combustão. Que ele se tornará um modelo de produção não há dúvidas. A aposta é de que chegue ano que vem, já como parte da linha 2021.

tonale

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo