Avaliações

Cruze ganha quatro estrelas no teste de impacto e ‘possível Fiat’, cinco

Mais dois modelos comercializados na América Latina foram submetidos ao nada leve protocolo dos testes de impacto promovidos pelo Latin NCAP, instituto internacional encarregado de avaliar as condições de segurança dos automóveis e sugerir eventuais melhorias às montadoras. Desta vez, nada de notas baixas ou puxões de orelha nas fábricas, mas duas aprovações com louvor. Um deles já é oferecido por aqui e o outro, a julgar pela iniciativa da fabricante, que o trouxe para o Salão do Automóvel de São Paulo, deve chegar em breve, especialmente se o dólar permitir.

O primeiro é a geração mais recente do Chevrolet Cruze, sedã médio que briga por mercado com Corolla e Civic. Com quatro airbags, controles de tração e estabilidade, ele recebeu quatro estrelas tanto na proteção aos ocupantes adultos quanto na oferecida a crianças (a geração anterior havia recebido três no quesito). O Latin NCAP não identificou áreas potencialmente perigosas em caso de colisão, o que mostra que materiais usados e técnicas de produção atendem as expectativas. Por não contar com os airbags laterais de cabeça, no entanto, ele não foi submetido ao teste do poste, que simula o impacto de um objeto de grande porte nas laterais. O relatório, aliás, lembra que a versão oferecida na Europa conta com os seis airbags.

500X

O outro veículo testado é oferecido na Argentina e no México, mas ainda não compõe a gama da Fiat por aqui. Versão aventureira e com pegada SUV do 500, o 500 X não só recebeu cinco estrelas na proteção a adultos e crianças (algo que só é possível com a presença do ESC como item de série) como mereceu o Prêmio Latin NCAP Advanced Award por oferecer sistema de frenagem de emergência (MEB). Trata-se do primeiro modelo produzido pela Fiat a alcançar a nota máxima na América Latina.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo