Automobilismo

Da série ‘parece, mas não é’

7_12

A virada de ano traz mais uma edição do Rally Dakar, que manteve o nome mas, desde 2009 trocou a África pela América do Sul, diante do alto risco e da instabilidade política do outro lado do Atlântico. Não que os competidores reclamem, já que Argentina, Bolívia e, a partir desta edição, o Paraguai, trazem desafios suficientes para testar homens e máquinas tal e qual o Deserto do Saara. Tanto assim que a disputa entre os carros, motos e caminhões está repleta de times oficiais de fábrica – sobre quatro rodas, as equipes de Peugeot, Mini, Toyota e Renault contam com suporte e investimento das montadoras.

Aí você o modelo da foto, presta atenção no nome gravado no protetor do cárter (o popular chapão); no losango bem no meio da grade e diz com toda a certeza: é um Renault Duster, certo? Errado (ou quase). Como as principais concorrentes, a fábrica francesa – na verdade a filial argentina –, sabe que não há como vencer a competição na classificação geral com um modelo derivado da produção em série. Por isso, desenvolveu um chassi tubular em aço equipado com amortecedores Reiger desenvolvidos especificamente para a maratona – aliás, são dois por roda, com reservatório separado de nitrogênio. O motor também não é um 1.6 ou 2.0, mas um caprichado V8 4.500cc, de origem Nissan (é a unidade que equipa, entre outras, a megapicape Titan, vendida nos EUA), com 390cv e 45kgm de torque.

E todo o projeto foi pensado para facilitar o trabalho de piloto e navegador e a manutenção mecânica – os dois estepes são colocados em posição vertical na traseira, atrás do gigantesco tanque de combustível em alumínio aeroespacial. Em torno dele, aliás, estão artigos nada de luxo para quem vai encarar quase cinco mil quilômetros de areia, lama e pedras: uma prancha plástica para ajudar a sair de atoleiros, pás e galões. Ao menos a carroceria (a casquinha) reproduz de forma fiel o SUV compacto da Renault. Mas antes que você pense que dá para pegar o seu e sair fazendo estripulias fora de estrada por aí, lembre-se que estamos falando de um modelo único. Que parece, mas não é…

dusterdakar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo