Legislação

DNIT desliga radares, mas é bom ficar de olho…

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) confirmou que boa parte dos equipamentos fixos de controle de velocidade em toda a malha de rodovias federais (BRs) não está em funcionamento. Segundo a autarquia, questionamentos envolvendo os contratos para operação dos radares levaram à suspensão do serviço em vários locais, o que tem sido atenuado por meio de acordos emergenciais.

O Dnit não revela, no entanto, quais são os radares com operação suspensa, e garante que as lombadas eletrônicas com indicação da velocidade do veículo continuam funcionando (e multando os apressadinhos) normalmente. Na dúvida, e principalmente por uma questão de segurança, o ideal é não arriscar, manter a velocidade máxima permitida para cada trecho e passar pelos equipamentos como se estivessem em operação normal, para não ter sustos depois. Mesmo porque a previsão é de retomada progressiva dos serviços e os radares móveis continuam à disposição da Polícia Rodoviária Federal em atuação normal.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo