Dicas

Gasolina sobe nas refinarias. Etanol continua sendo melhor opção

Depois da paralisação dos caminhoneiros e da crise provocada pelo desabastecimento nos postos, o litro da gasolina caiu em relação a alguns absurdos cobrados, mas não retomou os valores do começo do ano. A Petrobras manteve, apesar das críticas, a política de ajustes constantes de acordo com as variações do petróleo no mercado internacional e, como o Seminovos BH Notícias já mostrou, o etanol acabou se tornando opção bem mais favorável (vale a pena abastecer com o derivado da cana-de-açúcar se o litro custar até 70% do da gasolina e, ao menos na Grande Belo Horizonte, a paridade hoje está inferior a 60%).

Pois a estatal aumentou nessa quinta-feira (30) o litro da gasolina nas refinarias, R$ 2,0829 para R$ 2,1079 (o preço cobrado pelo diesel se mantém inalterado). A empresa esclarece que o valor se refere apenas ao derivado do petróleo, sem considerar os mais de 25% de álcool adicionados. Além disso, é necessário considerar impostos, tributos, despesas com o transporte e a margem de lucro dos postos, o que torna impossível determinar se o valor será integralmente repassado ao consumidor. Na dúvida, para quem tem veículo com motor flex, melhor ir direto para o etanol. (com informações da Agência Brasil)

Greve de caminhoneiros causa desabastecimento de combustível em postos de gasolina da cidade de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo