Jeep

Gladiator: o Jeep Wrangler em versão picape

Esse era daqueles segredos que quase todo mundo na indústria automobilística já sabia. Animada pelo bom desempenho nos últimos anos, turbinado com as vendas da dupla Renegade/Compass, a Jeep resolveu aproveitar o conhecimento e a tecnologia já existentes na linha RAM para desenvolver uma versão picape do Jeep Wrangler, herdeiro sentimental do pioneiro CJ-5. O Salão de Los Angeles foi o palco escolhido para a apresentação (e o batismo) do modelo: Gladiator, que já chega às revendas norte-americanas como linha 2020.

O nome é uma volta ao escolhido para a J-Series, vendida entre 1963 e 1987. Desta vez, a Gladiator é uma picape média (para os padrões norte-americanos), concorrendo com Toyota Tacoma, Chevrolet Silverado, Ford F-150 e a “irmã” RAM 1.500. Com uma nova plataforma – 61 centímetros mais extensa e com entre-eixos 48 centímetros maior do que o Wrangler quatro portas e suspensão traseira multilink. Considerando a aptidão off-road e a possibilidade de um uso mais “bruto”, os ângulos de ataque e saída foram mantidos próximos aos do Wrangler (43.6 e 20.3 graus, respectivamente), e toda a parte inferior conta com proteção extra. Entre os dispositivos de segurança e comodidade estão o monitor de ponto cego, câmera dianteira auxiliar para fora de estrada, controle de estabilidade com mitigação de torção e câmera traseira auxiliar para estacionamento.

Sob o capô duas opções de motorização estarão disponíveis: o V6 EcoDiesel 3.0 de 260 cavalos e 61 kgf.m de torque e o Pentastar V6 3.6 a gasolina com 285 cavalos e 36 kgf.m de torque, ambos acoplados a uma transmissão manual de seis velocidades ou a uma automática de oito. A capacidade de reboque é de impressionantes 3.500kg e as configurações de acabamento são quatro: Sport, Sport S, Overland e Rubicon, com opção do teto de lona, tal e qual o Wrangler.

Por enquanto, nada de planos de importação para o Brasil mas, como os demais modelos da marca importados, é de se imaginar que a Gladiator seja também oferecida por aqui.

iris1 iris2 iris3 iris4

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo