Honda

Honda mexe em suas 650 estradeiras

Para muitos, a decisão da Honda de encerrar a produção da Hornet e apostar na CB 650 R (e em sua versão carenada CBR 650 R) como opção para o segmento não foi acertada. A alegação é que a ‘vespa’ se tornou sinônimo de naked de média cilindrada e contava com uma entrega de potência e torque dignas de esportiva, algo que a substituta – os japoneses falam em propostas diferentes –, não proporciona, com seu jeito mais comportado.

Pois se não há mudanças no motor, o visual da dupla se renova completamente para 2019, como a maior fabricante de motos do planeta apresenta no EICMA, o Salão de Milão. A inspiração vem de dois modelos recentes com pedigree da marca. A naked R ganha contornos semelhantes aos da CB 1000 R apresentada ano passado (e derivada do conceito Neo Sports Café) – destaque para o farol com a extremidade superior achatada e o contorno prateado; novo tanque e aletas laterais. A suspensão dianteira invertida Showa com hastes de 41mm conta com o sistema SFF (funções separadas em cada lado do garfo) e o duplo disco na frente passa a ser mordido por pinças Nissin de quatro pistões.

Já a CBR ganha uma carenagem inspirada na superesportiva CBR 1000 RR Fireblade, embora no caso a paisagem não passe tão rápido (estamos falando de um quatro cilindros em linha de 93cv). E se o visual fica mais dinâmico, ela ainda emagrece 6 quilos em relação à antecessora.

Como ambas são oferecidas por aqui, é de se esperar que as novatas sejam trazidas a partir do ano que vem – apostamos no segundo semestre.

2181106eng_01-CB650R

2181106eng_02-CBR650R

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo