Hyundai

Hyundai desenvolve airbag de teto

Segurança nunca é demais. Nos últimos anos, até mesmo sobre duas rodas surgiram dispositivos infláveis capazes de atenuar o efeito de quedas e proteger o condutor. Mas para os automóveis, uma situação ainda é pouco levada em conta, embora estatisticamente possível em colisões: o que protege os integrantes no caso de uma capotagem que faça o teto bater no chão, ou mesmo em postes ou barreiras de proteção em estradas?

Nos carros de competição, o problema é atenuado com a gaiola de proteção, o popular Santo Antônio, obrigatório pelos regulamentos da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), especialmente porque as velocidades são maiores e os riscos igualmente. Nas ruas e estradas, no entanto, mesmo os testes de impacto não avaliam o efeito de uma carga jogada sobre o teto, que simularia um acidente que atingisse o local.

Subsidiária da Hyundai, a Mobis vem testando com bons resultados um sistema de airbag de teto panorâmico, que deve ser adotado inicialmente na gama premium Genesis da montadora sul-coreana. A proposta é de que a área transparente se estenda também sobre a fileira traseira de assentos, aumentando a visibilidade de quem vai atrás, graças a um vidro temperado especial. Em caso de capotagem, sensores eletrônicos de aceleração e gravidade detectam o perigo e, em oito centésimos de segundo, disparam o airbag, que recobre toda a extensão do teto.

Como fabrica os próprios airbags para a linha de modelos da Hyundai, a Mobis, que já registrou 11 patentes envolvendo o dispositivo, pode fazer em breve os sul-coreanos saírem na frente da concorrência, com mais uma forma de proteção.

csm_01_sunroof_airbag_d2b1c9d7e1 csm_02_sunroof_airbag_5b2e9164f1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo