Mercado

Importação de veículos em alta neste começo de ano

Enquanto o Governo Federal não anuncia os detalhes do Programa Rota 2030, que vai determinar as políticas para a produção e importação de veículos e estabelecer incentivos e alíquotas de impostos, as fabricantes resolveram pisar no acelerador quando se trata de trazer modelos produzidos no exterior. De janeiro a março deste ano, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, foram importadas 50.876 unidades. No mesmo período do ano passado, o total registrado foi de 34.342.

Até o ano passado, o setor automotivo era regulado pelo Inovar-Auto, que mantinha condições diferenciadas (menor alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados) para os veículos fabricados no México e na Argentina, parceiros comerciais do Brasil. Aí você pode pensar: mas se caiu a sobretaxa aplicada aos demais países, então a maioria dos veículos importados deve ter vindo deles (Estados Unidos, Alemanha, França, Coreia do Sul e Japão, para citar os mais representativos). Só que não foi o caso. As fábricas argentinas e mexicanas continuam sendo as principais “abastecedoras”, respondendo por 60% do total.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo