Indústria

Japoneses abrem guerra contra Trump

Não, o Seminovos BH Notícias não mudou de assunto e resolveu falar de política. A guerra é comercial mesmo. Desde que tomou posse como presidente dos Estados Unidos, Donald Trump vem prometendo adotar tarifas pesadas para os veículos importados, mesmo que fabricados em vizinhos e parceiros comerciais, como o México. O que seria motivo de gritaria especialmente para quem não tem fábricas nos EUA, mas também atinge em cheio as três grandes corporações do país (Ford, General Motors e Chrysler), bem como Honda, Toyota, Nissan, BMW, Mercedes-Benz e Volkswagen/Audi/Porsche, todas com plantas de montagem de veículos na terra do Tio Sam.

As fábricas alegam, com razão, que investem pesado no mercado norte-americano, gerando empregos e movimentando a indústria de autopeças, além de gerar exportações para boa parte do mundo. E que as importações são apenas parte de seus negócios e, por isso, não deveriam ser punidas com impostos extras.

Quem resolveu encarar a briga de peito aberto foi a Toyota, que vem usando as redes sociais numa campanha nada discreta para mostrar sua insatisfação. Numa série de vídeos, os japoneses mostram como foram capazes de transformar a vida de milhares de famílias norte-americanas ao garantir trabalho e condições dignas de vida. Mais do que isso, decoraram vários de seus produtos como a picape Tundra com números que mostram o comprometimento com o país: estão investindo US$ 23,4 bilhões nos próximos anos para ampliar a capacidade de produção.

Além disso, deixaram claro que, se Trump for adiante com seus planos, mesmo modelos fabricados nos EUA sofrerão aumentos de preços. “Se as tarifas forem adotadas, o Camry fabricado no estado do Kentucky ficará US$ 1,8 mil mais caro; a Tundra que produzimos no Texas aumentará US$ 2,8 mil e a minivan Sienna que sai de nossa planta em Indiana sofrerá reajuste de US$ 3 mil”, alertam. Por enquanto, esforço insuficiente para sensibilizar o ex-apresentador do reality “O Aprendiz”.

tacoma

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo