Trânsito

Mitos e verdades sobre os radares em Belo Horizonte

Quem anda por ruas e avenidas de Belo Horizonte já se acostumou com a presença constante dos radares – seja os equipamentos de controle de velocidade; seja os de avanço de sinal vermelho ou invasão de faixa exclusiva para coletivos. E por mais que eles proporcionem um fluxo considerável de dinheiro para o caixa da cidade, não há como contestar a BH Trans quando argumenta que o principal objetivo dos equipamentos é educar e garantir a segurança no trânsito da capital – o temor do rombo no bolso costuma ser, para o brasileiro, a melhor forma de andar na linha.

Pois o órgão de trânsito aproveitou a virada do ano para esclarecer mitos e verdades sobre os radares em operação sob sua responsabilidade no perímetro urbano de Belo Horizonte. Ao todo, são 353 locais, total que, segundo a empresa, não sofreu alterações em 2017. Deles, 106 de controle de excesso de velocidade; 193 de avanço de semáforo; 50 de invasão de faixa/pista exclusiva de ônibus e 4 de invasão de caminhões.

E se nos últimos dias chamou a atenção a instalação de dispositivos diferentes em trechos como a Via Expressa, pouco depois da Estação Eldorado do Metrô, a BH Trans esclarece que trata-se de um equipamento que dispensa a colocação de sensores no piso, evitando danos ao concreto e risco de infiltrações em períodos chuvosos, como o de agora, e que nada mudará para quem transita no local dentro da velocidade máxima permitida.

Além disso, em tempos de boatos que se tornam verdades de tanto que são replicados nas redes sociais, a empresa insiste que não pretende punir motoristas por conta da velocidade média, como vem sendo feito em São Paulo, tampouco vem usando as câmeras dos radares para identificar veículos com multas em aberto, ou cujos motoristas estejam ao celular, sem o cinto de segurança, por exemplo. O que não quer dizer, evidentemente, que seja o caso de sair por aí de forma irregular. Goste-se ou não, legislação existe para ser cumprida…

10936265

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo