Híbridos e elétricos

Nissan Leaf ganha em autonomia

Um dos grandes desafios da indústria automobilística no desenvolvimento dos carros elétricos é a questão da autonomia. Fazer com que os modelos cheguem cada vez mais longe com uma recarga sem que as dimensões das baterias comprometam o peso e o desempenho. Algo que depende de muita pesquisa e evolução dos materiais. Pois a Nissan aproveitou a edição deste ano da Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, para apresentar uma versão da nova geração de seu Leaf com maior potência e distância percorrida entre dois ‘abastecimentos’: o Leaf e+.

Externamente o Leaf não traz novidades em relação ao modelo apresentado ano passado – exceção a alguns detalhes de acabamento. A engenharia da montadora japonesa conseguiu aumentar a densidade e a capacidade de armazenamento das baterias sem mexer nas dimensões e anuncia aumento de 40% na autonomia – ou algo em torno de 350 quilômetros sem depender do encontro com a tomada. As vendas se iniciam neste mês no Japão e, ainda no primeiro trimestre, nos Estados Unidos. No Brasil, a montadora inicia em breve a venda da versão ‘convencional’ do elétrico.

The new 2019 Nissan LEAF e+ has a 62 kWh battery pack and an EPA-estimated range of up to 226 miles. Sales in the U.S. are expected to begin in spring 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo