Curiosidades

Pesquisa confirma: trânsito de BH incomoda muita gente

Entre os dias 29 e 31 deste mês, São Paulo será palco de uma das mais importantes conferências do planeta sobre mobilidade urbana, a Welcome Tomorrow Mobility (WTM). Especialistas do Brasil e do exterior vão discutir os desafios para o futuro das metrópoles com o aumento da população e da frota de veículos, os gargalos nos sistemas de transporte e as perspectivas para os próximos anos em meio a novidades como os programas de compartilhamentos de bicicletas e carros e os aplicativos de transporte particular.

Pois o Instituto Parar, um dos responsáveis pela iniciativa, resolveu incluir Belo Horizonte em sua pesquisa de satisfação com o trânsito e mobilidade urbana, e os números do levantamento chamam a atenção. Nada menos que 60% dos entrevistados se mostraram insatisfeitos com as condições gerais de circulação na capital mineira, número que sobe para 90% quando o assunto é a disponibilidade de ciclovias dignas do nome. Além disso, nada menos que 63% abandonariam o carro próprio se tivessem outras opções de transporte para ir e voltar do trabalho – e aí fica clara a falta de um metrô digno do nome que não funcione apenas de forma periférica, sem chegar às cidades da Grande BH e a regiões como a Pampulha.

Outras estatísticas relevantes são a de empresas que ainda não se preocupam com o tempo de deslocamento de seus funcionários (60%) e a de pessoas que aceitariam um trabalho mais próximo de casa ganhando até 10% menos para evitar o estresse diário das idas e vindas. Por outro lado, aplicativos como Uber, Cabify e 99Pop mostram ter grande potencial de crescimento, já que são pouco ou nunca usados por 80% da população.

Anel_Rodoviário_foto_Divino_Advincula2

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo