Híbridos e elétricos

Peugeot é mais uma a se render aos híbridos

Considerando o que vêm fazendo montadoras como Toyota, VW e Hyundai, o Grupo PSA (Peugeot/Citroën e agora Opel) se mostrava tímido no desenvolvimento de motores e tecnologias híbridas. Mesmo na França a principal iniciativa na busca por desempenho com menor volume de emissões foi a adoção do turbo e o “downsizing” dos propulsores com a família PureTech, que entrega rendimento consumindo menos combustível e respeita a norma Euro 6.

Pois a casa do leão confirmou que, a partir do segundo semestre do ano que vem, começa a oferecer motorizações Plug-in Hybrid com tração dianteira ou nas quatro rodas (Hybrid4). Os primeiros escolhidos são a nova geração do sedã premium 508, sua versão perua e o SUV 3008.

O pacote de baterias de lítio com 300V será posto sob o assento traseiro, junto ao assoalho e permite, de acordo com a montadora, autonomia de até 50 quilômetros de funcionamento 100% elétrico. A recarga, numa tomada padrão, será feita em até oito horas. O conjunto formado pelo 1.6 Puretech turbo de 180cv e pelo propulsor elétrico (dois no caso das configurações Hybrid4) fará potência e torque chegarem às rodas por meio de uma transmissão automática EAT de 8 velocidades, com o conversor de torque substituído por uma embreagem multidisco úmida. Como nos híbridos de competição, a energia dissipada como calor pelos freios será reaproveitada e, na função Brake, a inércia nas descidas será usada para recarregar as baterias.  Por enquanto não há prazos para a oferta das novas motorizações no Brasil.

PEUGEOT_508PHEV_SW_1809PB_302 PEUGEOT_3008PHEV_HY4_1809TECH_327

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo