Sem categoria

Suzuki traz novo Jimny, com direito a ‘sobrenome’

Ele foi mostrado pela primeira vez ao público em junho, no Japão, e não demorou para fazer as malas e aportar no Brasil – é a grande atração do estande da Suzuki no Salão do Automóvel. Querido especialmente pelos amantes das aventuras off-road, o Jimny ganhou nova geração, com linhas mais quadradas (estilo ‘caixa de sapato sobre rodas’), com uma qualificada no interior, sem perder o jeito rústico e simpático. Na época, chegamos a dizer que ele demoraria a ser lançado por aqui, considerando que a geração anterior, montada em Anápolis, ainda permaneceria por um bom tempo no mercado.

Pois o Grupo Souza Ramos, responsável pela operação da Suzuki em terras verde e amarelas, resolveu oferecer as duas gerações paralelamente – o novato tem chegada às concessionárias prevista para o segundo semestre de 2019 e ganha o ‘sobrenome’ Sierra para diferenciá-lo do antecessor. Como previsto na apresentação, a motorização escolhida foi o novo quatro cilindros em linha 1.5 de 108 cavalos, com a inédita opção de transmissão automática, algo que deve agradar quem pretende mantê-lo longe da terra e da lama.

Importante para quem quer encarar caminhos ruins, além dos ótimos ângulos de ataque e saída, são a presença da tração AllGrip Pro com reduzida e função LSD, controle de estabilidade (ESP), assistente de partida em rampas e assistente de descida.

Segundo a montadora serão oferecidas três versões: a manual 4YOU e as automáticas 4YOU AT e 4STYLE. A notícia ruim é que, embora sem martelo batido quanto ao preço, a Suzuki confirma que ele será “de 20 a 25%” mais caro do que o Jimny atualmente à venda. O que fará a nova geração passar dos R$ 100 mil, algo que não casa com a proposta rústica e sem firulas.

349371_839165_jimnysierra_017

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo