Internacional

Toyota muda geral seu sedã de luxo nos Estados Unidos

Ele pode não vender tanto no mercado norte-americano quanto os ‘irmãos menores’ Camry e Corolla mas, mesmo diante da concorrência local (Chevrolet, Ford e Chrysler), sul-coreana (Kia e Hyundai) e, principalmente, da Honda/Acura e dos alemães (BMW, Mercedes e Audi), tem lá seu mercado. O Avalon é a opção da Toyota no segmento dos sedãs grandes, com espaço e comodidade de sobra, valendo-se da reputação nipônica de durabilidade e eficiência mecânica.

Pois se a geração anterior do modelo era quase uma mistura de Corolla (as linhas da dianteira) com Ford Fusion (as laterais, o caimento do teto e as colunas), para 2019 ele ganhou uma repaginada geral que, a julgar pelas imagens, teve como inspiração a outra marca do grupo na terra do Tio Sam (a Lexus). Ou você ainda tem dúvidas ao enxergar o ‘bocão’ na dianteira; a grade inteiriça que se prolonga pelas entradas laterais de ar? O parachoque, aliás, tem linhas agressivas, tensas, abusando dos recortes.

A lateral parece mais inspirada em um certo germânico, o Audi A8, com uma minúscula coluna C e um caimento suave do teto. Os recortes espelhados na carroceria (na altura das maçanetas e na parte inferior) ajudam a dar uma impressão de maior leveza e fluidez, enquanto a traseira, sim, não esconde o DNA nipônico e é a parte que mais lembra Camry e Corolla, especialmente no desenho das lanternas.

Opções de motorização são duas: o V6 3.5 acoplado à caixa automática de oito velocidades para as versões 100% a gasolina (XLE/XSE/Touring/Limited) e o quatro em linha ECVT 2.5 para as versões híbridas (XLE Hybrid/XSE Hybrid e Limited Hybrid). Os preços partem de US$ 35.500 o que, no nosso desvalorizado real, é algo em torno de R$ 138 mil.

avalon2 avalon1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Vídeos

Mais Lidas

Topo